LAGOA DE MONTANHAS

LAGOA DE MONTANHAS

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

ESTADO DO RN PAGA 91% DOS SERVIDORES SEXTA FEIRA

dinheiro carteiraAs Secretarias de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) divulgaram o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de agosto, que será da seguinte forma: 
Nesta sexta-feira (29), ao meio dia, será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;
Ainda ao meio dia da sexta-feira, recebem os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores;
No dia 10 de setembro, quarta-feira, ao meio dia, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores no total.
93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.
Os outros 9% (9.377 servidores) receberão no dia 10 de setembro.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

PAGAMENTO DO ESTADO SÓ COM A PARCELA DO FPE

O Governo do Estado aguarda a confirmação dos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e a consolidação da arrecadação própria para definir o calendário de pagamento dos salários de agosto aos servidores. A princípio, o início do pagamento está mantido para a próxima sexta-feira (29). A terceira e última parcela do FPE deste mês, no entanto, ocorre somente no dia 30, sábado.

O secretário estadual de Planejamento e Finanças (Seplan), Obery Rodrigues, afirma que também é necessário aguardar a consolidação da arrecadação própria, visto que as projeções vem sem frustradas de forma recorrente este ano. “Não trabalhamos com dinheiro em caixa, mas com projeções daquilo que temos para receber [repasses] e arrecadar”, afirmou, acrescentando que o pagamento será feito.

Obery Rodrigues evitou falar qual seria o custo da folha de pagamento deste mês e quanto desse total o Executivo já dispõe. O FPE é uma das principais fontes de recursos recebidos pelo Governo do Estado. No último mês de julho, as três parcelas totalizaram R$ 158,44 milhões. O montante cobriu apenas 42% das despesas com pessoal e encargos sociais pagos pelo Executivo no mês passado, que segundo o Portal da Transparência somou R$ 375,9 milhões.

Para a folha de pagamento de agosto — sem contar a terceira e última parcela do FPE que será depositada no dia 30 —, há por enquanto R$ 146.134.869,34. De acordo com Obery Rodrigues, boa parte da atual dificuldade provém do sucessivo crescimento do custo de pagamento da folha de pessoal da máquina pública estadual. “Nós estamos alertando sobre isso faz algum tempo, de que a implantação desses planos e contratações resultariam nessas dificuldades. O Estado não tinha condições de absolver tudo isso”, justificou o secretário.

Apesar de definir que os 80% restantes do décimo terceiro salário serão pagos no dia 20 de dezembro — uma segunda parcela de 20% deveria ter sido paga dia 18 deste mês —, o secretário de Planejamento e Finanças não apresenta detalhamento da fonte dos recursos para pagar, no mesmo mês a folha de dezembro e os 80% do décimo terceiro salário. “Por enquanto, calculamos com base em projeções de arrecadação e repasses recebidos”, reafirmou.

Questionado sobre as eventuais prioridades definidas pelo Executivo para reduzir despesas, Obery Rodrigues afirma que todos os secretários estão cientes da situação e “basta consultarem o Sistema Integrado de Administração Financeira (SIAF) para ver que não como ordenar novas despesas”. Em entrevista por telefone, o titular da Seplan disse não dispor no momento de onde cada uma das pastas deveria cortar despesas. “Estamos evitando ao máximo efetuar cortes na Saúde, Segurança e Educação”.

13° DO ESTADO SÓ DIA 20 DE DEZEMBRO


Os servidores estaduais terão que ter um pouco mais de paciência para receber o 13° salário. Isso porque a segunda parcela foi adiada para dezembro deste ano.
O acordo inicial do Governo do Estado era de que a primeira parcela de 20% seria paga no mês de julho, a segunda, também de 20%, seria paga neste mês e o restante de 60% em dezembro. A primeira parcela foi paga dentro do prazo.
De acordo com informações do secretário de Comunicações do Estado, Paulo Araújo, o motivo para adiar o pagamento é a situação financeira do RN. “No Relatório de Avaliação das Receitas do Tesouro Estadual foi apresentado o balanço do primeiro semestre que justifica o pagamento ter sido adiado para o final do ano, ficando os 80% para o dia 20 de dezembro”, informou.
O relatório também aponta que com a retração da indústria nacional que teve queda de 0,8% em relação ao semestre anterior e com a queda do Produto Interno Bruto (PIB) marcando apenas 0,2%, a arrecadação de impostos do Rio Grande do Norte, em especial sobre Produtos Industrializados (IPI) teve uma retração de cerca de R$ 150 milhões prejudicando as contas públicas.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

PM PRENDE CAÇADORES DE ARRIBAÇÃS NO RN

Segundo a PM, aves foram abatidas perto do Pico do Cabugi, em Lajes.
Suspeitos serão autuados por crime ambiental.

Do G1 RN
  •  
Suspeitos foram levados para a delegacia da cidade, onde responderão por crime ambiental  (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)Suspeitos foram levados à delegacia e responderão por crime ambiental (Foto: Divulgação/PM do RN)
Vinte pessoas foram detidas na madrugada desta segunda-feira (25) suspeitas de estarem caçando animais de forma ilegal nas proximidades do Pico do Cabugi, no município de Lajes, região Central do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, foram apreendidas 2.630 arribaçãs mortas - aves silvestres de pequeno porte semelhantes a pombos. Seis pássaros foram encontrados ainda vivos.
saiba mais
Segundo o sargento Ronaldo Simplício, subcomandante do policiamento militar em Lajes, a polícia chegou ao local após uma denúncia anônima. “Quando chegamos encontramos vários veículos parados na beira da pista, o que nos chamou atenção. Fizemos buscas e encontramos o grupo. As aves abatidas estavam dentro de sacos plásticos”, acrescentou.
Os detidos, ainda de acordo com o sargento, foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde serão autuadas por crime ambiental.
Ao contrário de outras aves, as arribaçãs constroem os ninhos no chão, perto uns dos outros, o que as fazem presas fáceis de predadores e caçadores. De acordo com o Ibama, quem for pego caçando arribaçãs responde por crime de caça predatória e pode pegar de seis meses a um ano de prisão, além de pagar uma multa de R$ 500 por cada ave apreendid

PEFIL DOS CANDIDATOS A GOVERNADOR DO RN




Veja o perfil de quem quer ser nosso governador
 fonte: http://www.excelencias.org.br/quemquer/
HENRIQUE ALVES
Henrique Alves
(Henrique Eduardo Lyra Alves)
Candidato a Governador PMDB RN
Número: 15
Título eleitoral: 0.016.453.716-43
CPF: 130.470.197-20
Ocupação: Advogado
Idade: 65 anos
Instrução: Superior Completo
Sua renda aumentou 74,7% entre 210e 2014.
Bens declarados

Dados pessoais. Formado em direito. É filho do ex-governador do Rio Grande do Norte Aluizio Alves, e sobrinho do ex-prefeito de Natal, Agnelo Alves e do senador Garibaldi Alves (PMDB). É ainda primo de Garibaldi Alves Filho (senador licenciado pelo PMDB e ministro da Previdência Social) e de Carlos Eduardo Alves (prefeito de Natal pelo PDT). Detém concessão de radiodifusão e é proprietário rural. Candidatou-se à prefeitura da capital potiguar em 1988 e em 1992.
Carreira política. É deputado federal na atual legislatura (2011-2015). Está em seu 11º mandato consecutivo: foi deputado federal pelo MDB (1971-1975/ 1975-1979/ 1979-1983) e pelo PMDB (1983-1987/ 1987-1991/ 1991-1995/ 1995-1999/ 1999-2003/ 2003-2007/ 2007-2011). Ocupou o cargo de secretário de Governo e de Projetos Especiais do Rio Grande do Norte (2001-2002).
Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
(atualizado em 18/08/2014)

TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal - Ação Civil de Improbidade Administrativa Nº 2004.34.00.040901-9 - É alvo de ação civil por improbidade administrativa / enriquecimento ilícito movida pelo Ministério Público Federal.

Robinson Faria
(Robinson Mesquita de Faria)
Candidato a Governador PSD RN
Número: 55
Título eleitoral: 0.011.947.716-19
CPF: 157.050.994-87
Ocupação: Advogado
Idade: 55 anos
Instrução: Superior Completo
Bens declarados  
Dados pessoais. Formado em direito, é dono de empresa de extração de sal marinho. Detém concessão de radiodifusão. É pai do deputado federal Fábio Faria (PSD).
Carreira política. Foi deputado estadual por cinco legislaturas, pelo PFL (1987-1991/ 1991-1995/ 1995-1999/ 1999-2003/ 2003-2007) e pelo PMN (2007-2011). Foi vice-governador do Rio Grande do Norte em 2010 pelo PMN,mas saiu do cargo em 2011. Foi ainda secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (2011). 
Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
(atualizado em 08/08/2014)
Não parece haver ocorrências envolvendo este político.


Professor Robério Paulino
(Robério Paulino Rodrigues)
Candidato a Governador PSOL RN
Número: 50
Título eleitoral: 2.545.129.501-08
CPF: 741.409.228-34
Ocupação: Professor de Ensino Superi (...)
Idade: 57 anos
Instrução: Superior Completo
Bens declarados


Dados pessoais. Formado em economia, é professor universitário.

Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
(atualizado em 16/07/2014)
Não parece haver ocorrências envolvendo este político.

Araken
(Araken Barbosa de Farias Filho)
Candidato a Governador PSL RN
Número: 17
Título eleitoral: 0.191.079.316-51
CPF: 343.267.744-87
Ocupação: Advogado
Idade: 51 anos
Instrução: Superior Completo
Bens declarados

Dados pessoais. Formado em direito e administração de empresas. É dono de empresa de artigos de iluminação. Desde 2009 é o presidente estadual do PSL. É neto de Creso Bezerra de Melo (PSD-RN), ex-prefeito de Natal e ex-deputado, e bisneto de Severino Bezerra de Melo, ex-secretário de Educação.
Carreira política. Foi coordenador geral do Procon-RN (2011-2013).

Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
(atualizado em 31/07/2014)

TRE-RN - Processo nº 3996833.2008.620.0000 - As contas apresentadas referentes às eleições de 2008, quando concorria ao cargo de vereador de Natal, foram desaprovadas.
TRE-RN - Processo nº 662892.2010.620.0000 - Na época em que era presidente do PSL, o Comitê Financeiro Único do partido teve a prestação de contas das eleições de 2010 desaprovada. A Justiça Eleitoral determinou a suspensão de cotas do Fundo Partidário por nove meses.

Simone Dutra
(Veronica Simone Dutra Veras)
Candidata a Governadora PSTU RN
Número: 16
Título eleitoral: 0.183.879.316-43
CPF: 575.509.304-06
Ocupação: Enfermeiro
Idade: 48 anos
Instrução: Superior Completo
Bens declarados

Dados pessoais. É presidente do PSTU de Natal. Diretora do Sindsaúde-RN. Concorreu, pelo PSTU, ao cargo de vice-prefeita de Natal em 2004, de senadora em 2006, de vereadora de Natal em 2008 e de governadora em 2010.

Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
(atualizado em 31/07/2014)

TRE-RN - 3ª Zona Eleitoral de Natal - Processo nº 4140.2013.620.0003 - O diretório municipal do PSTU de Natal, do qual é presidente, teve reprovadas as contas referentes ao exercício de 2013.
TRE-RN - Processo nº 670249.2010.620.0000 - Teve reprovadas as contas relativas à sua candidatura ao cargo de governador nas eleições de 2010.

LUCIANA GENRO SOFRE ACIDENTE EM PORTO ALEGRE

Do G1 RS
Luciana Genro sofreu acidente de trânsito na capital gaúcha (Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)Luciana Genro sofreu acidente de trânsito
(Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)
A candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, sofreu um acidente de trânsito sem gravidade nesta segunda-feira (25) em Porto Alegre. Ela está na capital gaúcha para cumprir agenda desde sexta-feira (22), segundo o assessor da campanha. No seu perfil oficial do Twitter, ela relatou o ocorrido e disse que não ficou ferida.
"Antes que a informação saia e gere preocupações: tive um pequeno acidente de carro mas não me machuquei. Estava dirigindo o carro do meu marido e outro carro passou no sinal vermelho e me bateu. Por sorte ninguém se machucou", escreveu.
saiba mais
Segundo a candidata, o motorista do outro carro estava sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). "Estou com pena do senhor que me bateu. Ele estava sem habilitação. Poderia ter sido grave. O carro do meu marido ficou destruído na frente. Graças ao cinto de segurança não me machuquei. Tenho verdadeiro pavor do trânsito!", concluiu.
Segundo o assessor de Luciana, o acidente ocorreu na esquina das ruas Landel de Moura e Wenceslau Escobar, na Zona Sul da capital. A Empresa Pública de Transporte e Circulação não informa dados dos acidentes.

PARCELA DO 13º DO INSS JA ESTA SENDO PAGA

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia nesta segunda-feira (25) o pagamento dos segurados, referente o mês de agosto. Junto com o pagamento do mês será depositada a primeira parcela do abono, de 50% do valor do décimo terceiro salário.
Esse repasse representa recursos extra de R$ 185 milhões na economia do Rio Grande do Norte, totalizando R$ 582 milhões a 449.439 beneficiários, do total de 536.870 benefícios mantidos no estado, já que nem todos têm direito a receber o abono.
No Brasil, a folha de agosto vai pagar mais de R$ 29,3 bilhões a 31.742.351 benefícios previdenciários. Neste pagamento está incluído a metade do valor do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS que será pago entre os dias 25 de agosto e 5 de setembro.
Os depósitos começam na segunda-feira(25) para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, retirando-se o dígito. Os beneficiários que recebem acima do mínimo terão seus benefícios creditados, a parir do dia 1º de setembro.
Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro/2014. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.
Os segurados que estão em auxílio-doença também recebem uma parcela menor que os 50%. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado até 16 de janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses.
Não recebem
Por lei, não têm direito ao 13º salário os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.
Não haverá desconto de Imposto de Renda nesta primeira parcela. De acordo com a legislação, o Imposto de Renda sobre o 13º só é cobrado em dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação natalina.
==
Fonte: INSS/RN

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

EDUARDO CAMPOS USAVA JATO (DE USINEIROS) ILEGALMENTE

BRASÍLIA — O avião Cessna PR-AFA que caiu em Santos no último dia 13, matando o candidato à Presidência Eduardo Campos e mais seis pessoas, não poderia ter sido usado na campanha do PSB, segundo duas autoridades da Justiça Eleitoral ouvidas pelo GLOBO. Até hoje, o jato está registrado na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em nome da AF Andrade, um grupo de usineiros de Ribeirão Preto.
Pela resolução 23.406 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), uma empresa só pode doar produto ou serviço relacionado a suas atividades fins. Porém, não há registro de que a AF Andrade atue como empresa de táxi aéreo. Os gastos com o avião também não foram incluídos na primeira prestação de contas do PSB ao TSE.
RESOLUÇÃO IMPÕE RESTRIÇÃO
As restrições a transações como o empréstimo do avião de uma empresa privada aos candidatos do PSB estão previstas no artigo 23 da resolução 23.406. Pelo artigo, “bens e/ou serviços estimáveis em dinheiro doados por pessoas físicas e jurídicas devem constituir produto de seu próprio serviço, de suas atividades econômicas e, no caso dos bens permanentes, deverão integrar o patrimônio do doador”. Ou seja, uma empresa que não presta serviço aéreo não pode ceder avião para campanha eleitoral.
— A resolução é simples. Um posto de gasolina só pode doar gasolina, mas não pode doar papel. Empresas e pessoas só podem doar serviços e produtos de suas próprias atividades — explica um dos especialistas que trabalharam na definição das regras eleitorais.
PSB NÃO COMENTA USO DE AVIÃO
Publicidade
A regra visa impedir “transgressão” de doações para campanhas eleitorais. O Código Aeronáutico Brasileiro também contém restrições a empréstimo de aviões não destinados a aluguel. Campos, e também Marina Silva, que era vice de sua chapa e agora é a candidata à Presidência, vinham usando o Cessna PR-AFA desde a pré-campanha.


Na quinta-feira, O GLOBO tentou falar com o coordenador financeiro da campanha do PSB, Henrique Costa. Segundo uma das assessoras de imprensa da campanha do PSB, os dirigentes do partido estavam em seguidas reuniões e não teriam como dar explicações ontem.
A AF Andrade informou, por intermédio de seu advogado, Ricardo Tepedino, que o avião que vitimou Campos era oficialmente da Cessna, e estava arrendado para a empresa de Ribeirão Preto, a compradora numa operação de leasing. Segundo Tepedino, o preço da aeronave era de US$ 8,5 milhões (R$ 19,2 milhões). Desse total, a AF Andrade pagou até agora apenas US$ 450 mil.
Antes do acidente, segundo o advogado, o avião foi negociado com os empresários pernambucanos Apolo Santana Vieira e João Carlos Lyra, que chegaram a pagar oito parcelas do leasing para a empresa norte-americana. Até a data do acidente, porém, a Cessna não havia aprovado a transferência para os novos donos. Na condição de proprietária que arrendou o avião, a Cessna precisa dar o sinal verde para o negócio, disse o advogado.
DONOS NÃO TÊM EMPRESA AÉREA
A Bandeirantes Companhia de Pneus, que pertence a Apolo Vieira, de Recife, foi a empresa que submeteu o seu nome e documentos à Cessna para assumir o leasing no lugar da AF Andrade; o negócio teria sido comunicado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Pela legislação eleitoral, Apolo e João Lyra não poderiam emprestar o avião para o PSB. Os dois não são proprietários de empresa de táxi aéreo. O PSB, como os demais partidos, tem até 4 de novembro para prestar contas à Justiça Eleitoral.
Publicidade
A Anac confirmou ontem que recebeu os documentos da AF Andrade e também da Cessna e informou que está analisando as informações contidas nesses papéis. Os documentos, diz a Anac, também foram repassados à Polícia Federal para serem usados na investigação. “Reafirmamos que no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) consta como proprietária da aeronave a Cessna Finance Export Corporation e como operadora e arrendatária a AF Andrade Emp. e Participações, sem qualquer solicitação de alteração nesse registro junto à agência”, diz a Anac em nota.
HÁ 50 PEDIDOS DE INDENIZAÇÃO
A Força Aérea Brasileira (FAB) está investigando as causas do acidente. A Polícia Civil de São Paulo e Polícia Federal também estão investigando o desastre. As duas polícias têm como outra tarefa identificar devidamente os verdadeiros donos do jato. A informação é importante para nortear ações e pedidos de indenização de moradores de Santos que tiveram algum tipo de prejuízo com o acidente. Pelo menos 50 pedidos de indenização já foram apresentados a polícia, segundo o “Jornal Nacional”.

PESQUISA:HENRIQUE E ROBINSON EMPATAM EM NATAL

Henrique e Robinson estão empatados em Natal, aponta pesquisa do Seta

gove 1
A corrida eleitoral para o governo segue acirrada e aberta em Natal. É o que aponta a mais nova pesquisa do Seta Instituto divulgada hoje (22) em parceria com o portal Nominuto.com. Na estimulada, Henrique Alves (PMDB) obteve 29,4% das intenções de voto na capital, seguido de perto por Robinson Faria (PSD) com 27,5%, numa clara situação de empate técnico.
Simone Dutra (PSTU) aparece em terceiro com 4,6% das preferências; Robério Paulino (PSOL) tem 3,8%; e Araken Farias (PSL) registra 2,9%. Brancos, nulos e nenhum somaram 16,6%; e não sabe ou não respondeu 15,2%.
O Seta Instituto ouviu 800 eleitores entre os dias 16 e 17 de agosto nas quatro zonas administrativas da capital. A margem de erro é de 3%, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa Nominuto/Seta foi registrada no TRE-RN com o número 00014/2014.
Espontânea
gove 2
Na pergunta espontânea para o governo, Henrique Alves obteve 24,2% das preferências. Robinson Faria vem logo em seguida com 21,8% das intenções de voto, mantendo o empate técnico em relação ao candidato do PMDB. Simone Dutra registrou 4,2% das citações; Robério Paulino 2,9%; e Araken Farias 2,2%. Brancos, nulos e nenhum somaram 23,3%; e não sabem ou não responderam 21,4%.
Rejeição
gove 3
Henrique Alves registrou maior rejeição, com 22,2% das citações. Robinson Faria é o segundo maior rejeitado, com 19,4%. Robério Paulino é rejeitado por 12,7% dos entrevistados do Seta Instituto; Simone Dutra por 4,8%; e Araken Farias por 4,9%. Brancos, nulos e nenhum somaram 20,2%; não sabe ou não responderam 15,8%.

FATIMA BEZERRA LIDERA PESQUISA EM NATAL

Fátima Bezerra abre pequena vantagem na briga do Senado

senado 1
Por uma pequena margem na intenção de votos, a candidata Fátima Bezerra (PT) lidera a corrida pela única vaga do Senado entre os eleitores de Natal. A petista aparece com 29,1% das preferências na pesquisa estimulada do Seta Instituto. Wilma de Faria (PSB) vem logo em seguida com 25,8% das intenções de voto. As duas estão empatadas dentro da margem de erro, que é de 3% para mais ou para menos, na mais nova pesquisa Nominuto/Seta divulgada nesta sexta-feira (22).
A professora Ana Célia (PSTU) aparece em terceiro lugar com 3,9%; seguida de Roberto Ronconi (PSL) com 3,2%; e de Lailson de Almeida (PSOL) com 2,6% das citações. Brancos, nulos e nenhum somaram 18,4%; e não responderam ou não sabem 17%.
Espontânea
senado 2
Na pergunta espontânea para o Senado, Fátima Bezerra também lidera com 24,2% das citações; seguida de Wilma de Faria com 20,9%; Ana Célia com 3,4%; Roberto Ronconi com 2,8%; e o professor Lailson de Almeida com 2,1%. Brancos, nulos e nenhum somaram 26,5%; e não responderam ou não sabem 20,1%.
Rejeição
senado 3
Na briga pelo Senado, Wilma apresenta maior rejeição com 32,2% das respostas; Fátima é rejeitada por 21,3% dos entrevistados; Ronconi, por 10,4%; professora Ana Célia por 4,7%; e Lailson por 4,5% dos natalenses. Brancos, nulos e ninguém somaram 16,1%; e não responderam ou não sabem totalizaram 10,8%. O Seta Instituto ouviu 800 eleitores entre os dias 16 e 17 de agosto nas quatro zonas administrativas da capital. A margem de erro é de 3%, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa Nominuto/Seta foi registrada no TRE-RN com o número 00014/2014.